YAWANAWÁ 2019

(texto em Português abaixo)

February 4-14, 2019 we go to live with the Yawanawá, indigenous tribe of the Amazonian Rainforest. The Yawanawá are the caretakers of almost half a million acres of Brazilian Amazon. Traveling together to this sacred forest allows us to bring significant resources to the indigenous families who live there in the villages. When the villages are thriving, the land thrives. When the land thrives we all thrive. The beautiful people living in these deep and remote places are the guardians of the land. Many still remember how to forage, harvest, prepare and administer the medicines of the earth. And have been doing so safely for centuries.

We go to learn . . .

We go to heal . . .

And we go with respect for all of life.

To travel there can take many days. We gather first in Rio Branco, Brazil. From here we travel a day together via car to Tarauacá, a small town on the edge of the forest. We stay one night in Tarauacá before getting on a boat the next morning to travel 6-10 hours upstream, deep into the forest, to the village of Sete Estrelas. It is here we will spend the first five days of our journey with Edi Yawanawá, the cacique of the Sete Estrelas, and his family. The last five days will be spent in Mutum, home of Matsini Yawanawá, the spiritual leader whom we will be working with while in the forest, and his family. We are beyond blessed for another opportunity to partake in this work and to soak up the energies of the forest, while realigning our own. I would like to thank Matsini Yawanawa and his family, Edi Lino Yawanawa and his family, and Tashka Peshaho Yawanawa and Laura Soriano Morales, for their support and partnership.

ABOUT THE YAWANAWÁ

There are over 1,200 Yawanawá, with 9 villages along the Gregório River. The Yawanawá and their allies are dedicated to developing a model of sustainability that allows them to protect their lands and engage with the outside world on their own terms, without compromising their cultural and spiritual identity. The tribe has been working tirelessly to increase territory, reinvigorate Yawanawá culture, and establish economically and socially empowering relationships with the outside world.

In the 1990s the Yawanawá were able to reestablish sovereignty after generations of interference by rubber tappers and missionaries, at which point Matsini Yawanawá became Tatá’s first student. Tatá Yawanawá was one of the most revered pajes in the Amazon. People came from all over the world to work and be healed by Tatá. He was a real life yoda. Tatá is who I had the privilege of doing a study with some years ago and this will be my first time returning to live in Sete Estrelas, the village where I did this work, since. I am full of joy to be able to bring a small group of beautiful souls with me this time.

The Yawanawá will be the only ones to profit from our journey. I work for an organization that has partnered with the tribe and we agreed this was the best way. We come with full permission and with love in our hearts. You can learn more about the foundation at sofiefoundation.org. And you can see the trailer(s) to the film we make about their beloved elder, Tatá Yawanawá, at: gofundme.com/spiritoftata.

CALENDAR

February 2 meet in Rio Branco, Brazil

February 3 travel by car to Tarauacá

February 4 travel by car to harbor + boat to Sete Estrelas

February 4-9, Sete Estrelas Immersion

February 10-14 Mutum immersion

February 15 boat to harbor + car to Rio Branco

ACCOMMODATIONS

Living in the jungle can be challenging. The conditions, quite harsh. The bugs are intense, but for those of you eager for the adventure-of a-lifetime this kind of journey is an opportunity not to be missed. We will be sleeping in hammocks and will provide a detailed packing list for you upon booking. Food and water will be safe for consumption.

COST

$1825 USD (until December 1st)

$1975 (until January 1st)

$2250 (until February 1st)

This includes transportation from Rio Branco to the harbor and from the harbor back to Rio Branco, hotel in Rio Branco on the 2nd, hotel in Tarauacá the 3rd, and your stay in both Sete Estrelas and Mutum, including all food and medicines for the 10 days we are in the villages. Not included is your hotel in Rio Branco on the 15th (as some will want to travel home that night), food while traveling (most hotels offer free breakfast), and airfare. Simple foods, clean water, and a place to hang your hammock will be provided while in the forest.

To reserve your space please send an email to ambervoilesyoga@gmail.com.

We very much look forward to this journey and hope to share it with you!

THE MEDICINES

 

KAMBO

Kambo (the giant monkey tree frog, phyllomedusa bicolor) secretes, as a defense mechanism, intense medicine with very strong healing powers. The medicine will be administered directly from the frog and induces a powerful detoxifying effect. It boosts the immune system, enhances physical energy, and is used to cure many diseases. You can read more at http://www.iakp.org/about-kambo/4584758432. Please research as your heart desires. There has been copious amounts of research done on this powerful little animal since the 1980s and the findings are well-documented.

UNI (AYAHUASCA)

Uni is the primary medicine used by the Yawanawá to connect you to what the Yawanawá call “the force” – the spiritual dimension present that we typically do not have access to. We will participate in the brewing of the Uni tea, learn the story of Uni, and have the opportunity to sit in roughly half a dozen ceremonies with the Yawanawá – a true blessing indeed!

RUME (RAPÉ)

Rume is another primary medicine of the Yawanawá. It is a tobacco medicine combined with the ashes of a tree bark with strong healing powers. It is administered through the nostrils.

SANANGA

Sananga is made from the bark of the root of a plant called Apocynaceae. The juice of the bark is administered through the eyes. It is known to heal both the physical and energetic eyes and is used to relieve headaches.

PLANT BATHS

The plants baths are a detoxification process where we first steam with the plants and then are washed with the plants to help detoxify the body-mind of technologies, allowing us align with the vibration of the forest.

URUCUM AND JENIPAPO

These plants are used to paint the body. They give physical protection as well as connection to the force of the different animals and elements being painted.

PLEASE EMAIL AMBERVOILESYOGA@GMAIL.COM TO RESERVE YOUR SPACE. WE VERY MUCH LOOK FORWARD TO SHARING THIS JOURNEY WITH YOU!

 

The Amazon is the pharmacy of the planet. We travel with humility and respect for the forest and for the Yawanawá people. We go to learn, to grow, and to heal… ourselves and the planet. Inquiries must also be aligned with this intention. Thank you for your support and understanding.

The SOFIE Foundation is a §501(c)(3) committed to Saving Ourselves From Indigenous Extinction. At SOFIE we envision a world where the diversity of nature thrives, where indigenous wisdom is heard, honored, respected, and where people are of service to all of life on this planet and beyond. The mission of SOFIE is to be of service for the preservation of Indigenous Wisdom; to give a voice to the voiceless – the waters, the earth, the plants, the animals, the ancestors – in a humble and respectful way. It is our belief that all forms of life, human and nonhuman, deserve respect. And that it is our duty to be of service to this ancient wisdom in a benevolent way. Visit sofiefoundation.org to learn more.

 

Photo credits in order: Mutum at dawn by Amber Voiles, Rasu – Grandson of Tatá by Jim Whitney, Rio Gregorio by Jim Whitney, Tree Monkey Frog found online photographer not credited, Tatá Yawanawá by Jim Whitney, director of The Spirit of Tatá.

 

 

YAWANAWÁ 2019

De 4 a 14 de fevereiro de 2019 vamos viver com os Yawanawá, tribo indígena da Floresta Amazônica. Os Yawanawá são os cuidadores de quase meio milhão de acres da Amazônia brasileira. Viajar juntos para esta floresta sagrada nos permite trazer recursos significativos para as famílias indígenas que vivem lá, nas aldeias. E quando as aldeias estão prosperando, a terra prospera. As pessoas bonitas que vivem nesses lugares profundos e remotos são os guardiões da terra. E muitos ainda se lembram de como forragear, colher, preparar e administrar os remédios da terra. E vem fazendo isso com segurança há séculos.

Nós vamos aprender. . .

Nós vamos nos curar. . .

E vamos com respeito por todo tipo de vida.

A viagem pode levar alguns dias. Nós nos reunimos primeiro em Rio Branco, Acre, Brasil. A partir de lá, viajamos um dia juntos de carro até Tarauacá, uma pequena cidade à beira da floresta. Ficamos uma noite em Tarauacá antes de pegar um barco na manhã seguinte para viajar de 6 a 10 horas rio acima, em plena floresta amazônica, até a vila de Sete Estrelas. É aqui que vamos passar os primeiros cinco dias de nossa jornada com Edi Yawanawá, o cacique do Sete Estrelas e sua família. Os últimos cinco dias serão passados em Mutum, lar de Matsini Yawanawá, o líder espiritual com quem trabalharemos enquanto estivermos na floresta. Além das bençãos por poder mais uma ver ter a oportunidade de participar deste trabalho, absorveremos as energias da floresta e para realinhar as nossas. Gostaria de agradecer a Matsini Yawanawa e sua família, Edi Lino Yawanawa e sua família, e a Tashka Peshaho Yawanawa e Laura Soriano Morales, pelo apoio e parceria.

SOBRE OS YAWANAWÁ

São mais de 1.200 Yawanawá vivendo entre 9 aldeias, ao longo do rio Gregório. Os Yawanawá e seus aliados se dedicam a desenvolver um modelo de sustentabilidade que lhes permite proteger suas terras e se engajar com o mundo exterior em seus próprios termos, sem comprometer sua identidade cultural e espiritual. A tribo tem trabalhado incansavelmente para aumentar o território, revigorar a cultura Yawanawá e estabelecer relações econômica e socialmente fortalecedoras com o mundo exterior.

Na década de 1990, os Yawanawá conseguiram restabelecer a soberania após gerações de interferência de seringueiros e missionários, quando Matsini Yawanawá se tornou o primeiro aluno de Tatá. Tatá Yawanawá foi um dos pajés mais reverenciados da Amazônia. Pessoas vieram de todo o mundo para trabalhar e serem curadas por Tatá, uma espécie de ‘Yoda’ da vida real. Tive o privilégio de fazer um estudo com Tatá, alguns anos atrás, e este será meu primeiro retorno a Sete Estrelas, a vila onde eu fiz este trabalho, desde então. Estou cheia de alegria por poder trazer um pequeno grupo de lindas almas comigo desta vez.

Os Yawanawá serão os únicos a lucrar com nossa jornada. Eu trabalho para uma organização que fez parceria com a tribo e nós concordamos que essa era a melhor maneira. Nós viemos com plena permissão e com amor em nossos corações. Você pode aprender mais sobre a fundação em sofiefoundation.org. E você pode ver o(s) trailer(s) do filme que estamos fazendo sobre o seu amado ancião, Tatá Yawanawá, em: gofundme.com/spiritoftata.

CALENDÁRIO

2 de fevereiro nos reunimos em Rio Branco, Acre, Brasil

3 de fevereiro viajamos de carro até Tarauacá

4 de fevereiro viajamos de carro ao porto de São Vicente + viagem de barco até Sete Estrelas

4 a 9 de fevereiro, Sete Estrelas Imersão

10 a 14 de fevereiro Imersão Mutum

15 de fevereiro viagem de barco para o porto de São Vicente + viagem de carro para Rio Branco

ACOMODAÇÕES

Viver na selva pode ser um desafio. As condições, bastante duras. Os insetos são intensos, mas para aqueles que estão ansiosos pela aventura de toda a vida, esse tipo de jornada é uma oportunidade a não perder. Nós estaremos dormindo em redes e forneceremos uma lista detalhada de equipamentos necessários no momento da reserva. Comida e água estarão seguras para consumo.

CUSTO

US $ 1825 (até 1º de dezembro)

US $ 1975 (até 1º de janeiro)

US $ 2250 (até 1º de fevereiro)

Isso inclui transporte de Rio Branco para o porto e do porto de volta para Rio Branco, hotel em Rio Branco no dia 2, hotel em Tarauacá o terceiro, e sua estadia em Sete Estrelas e Mutum, incluindo todos os alimentos e vivências com medicinas para os 10 dias estamos nas aldeias. Não está incluído o seu hotel em Rio Branco no dia 15 (como alguns vão querer viajar para casa naquela noite), comida enquanto viaja (a maioria dos hotéis oferece café da manhã gratuito) e passagem aérea. Alimentos simples, água limpa e um lugar seguro para pendurar sua rede serão fornecidos enquanto estiver na floresta.

Para reservar o seu espaço, por favor envie um email para ambervoilesyoga@gmail.com.

Estamos muito ansiosos para esta jornada e esperamos compartilhar com você!

OS MEDICAMENTOS

KAMBO

O kambo (phyllomedusa bicolor gigante) secreta, como mecanismo de defesa, um remédio intenso com poderes curativos muito fortes. O medicamento será administrado diretamente do sapo e induz um poderoso efeito desintoxicante. Ele estimula o sistema imunológico, aumenta a energia física e é usado para curar muitas doenças. Você pode ler mais em http://www.iakp.org/about-kambo/4584758432. Por favor, pesquise como seu coração deseja. Muitas pesquisas tem sido feitas sobre este poderoso animal desde os anos 80 e as descobertas estão bem documentadas.

UNI (AYAHUASCA)

Uni é o principal remédio usado pelos Yawanawá para conectá-lo ao que os Yawanawá chamam de “a força” – a dimensão espiritual presente à qual normalmente não temos acesso. Participaremos da preparação do chá da Uni, aprenderemos a história da Uni e teremos a oportunidade de participar de cerca de meia dúzia de cerimônias com os Yawanawá – uma verdadeira bênção de fato!

RUME (RAPÉ)

Rume é outro remédio primário dos Yawanawá. É uma medicina do tabaco combinada com as cinzas de uma casca de árvore com fortes poderes curativos. É administrado através das narinas.

SANANGA

Sananga é feito da casca da raiz de uma planta chamada Apocynaceae. O suco da casca é administrado através dos olhos. Sabe-se para curar os olhos físicos e energéticos e é usado para aliviar dores de cabeça e sinusites.

BANHOS DE PLANTAS

Os banhos de plantas são um processo de desintoxicação onde primeiro vaporizamos com as plantas e depois lavamos com as plantas para ajudar a desintoxicar o corpo-mente das tecnologias, permitindo-nos alinhar com a vibração da floresta.

URUCUM E JENIPAPO

Estas plantas são usadas para pintar o corpo. Eles dão proteção física, bem como conexão com a força dos diferentes animais e elementos sendo pintados.

POR FAVOR, ENVIE POR EMAIL AMBERVOILESYOGA@GMAIL.COM PARA RESERVAR O SEU ESPAÇO. Nós ficamos muito felizes em compartilhar esta viagem com você!

A Amazônia é a farmácia do planeta. Nós viajamos com humildade e respeito pela floresta e pelo povo Yawanawá. Nós vamos aprender, crescer e curar … nós e o planeta. As investigações também devem estar alinhadas com essa intenção. Obrigado por seu apoio e compreensão.

 

A SOFIE Foundation é um §501 (c) (3) comprometida em salvar a nós mesmos da extinção indígena. Na SOFIE, vislumbramos um mundo onde a diversidade da natureza prospera, onde a sabedoria indígena é ouvida, honrada, respeitada e onde as pessoas estão a serviço de toda a vida neste planeta e além. A missão do SOFIE é servir para a preservação da Sabedoria Indígena; dar voz aos sem voz – as águas, a terra, as plantas, os animais, os antepassados – de maneira humilde e respeitosa. Acreditamos que todas as formas de vida, humanas e não humanas, merecem respeito. E que é nosso dever prestar serviço a essa antiga sabedoria de maneira benevolente. Visite sofiefoundation.org para saber mais.

Créditos das fotos em ordem: Mutum ao amanhecer por Amber Voiles, Rasu – Neto de Tatá por Jim Whitney, Rio Gregorio por Jim Whitney, Rã da Arvore Macaco encontrou fotógrafo online não creditado, Tatá Yawanawá por Jim Whitney, diretor de O Espírito do Tatá.